172 visualizações

Agenda da semana: XV Congresso Panamericano
O XV Panamerican Congress on Vascular Surgery completa 28 anos. O programa inclui lançamento de novos produtos e terapias. A grade científica aborda os temas mais atuais nas áreas de angiologia, cirurgia vascular e endovascular, como revascularização dos membros inferiores, tratamentos de úlceras, fleboestética, embolizações, procedimentos endovasculares e híbridos na aorta abdominal e torácica, vasos viscerais e troncos supra-aórticos, trombose venosa, cirurgia de varizes e cirurgia de carótida. Todas as sessões têm espaço para discussão.
“É o evento mais tradicional da Angiologia e da Cirurgia Vascular, completando 28 anos. Reúne grandes nomes da nossa especialidade. Uma excelente oportunidade para debatermos sobre as novas tecnologias que vão revolucionar a Cirurgia Vascular e Endovascular nos próximos anos”, afirma o Diretor Científico da SBACV e Executive Co-Chairman, Dr. Rossi Murilo da Silva.
“É uma grande oportunidade de nos aproximarmos e convivermos com as maiores autoridades do mundo na especialidade. Nesse mesmo evento temos o sétimo Fórum Pan-americano de Doença Venosa, o quinto Simpósio de Tratamento de Feridas e o primeiro Simpósio Pan-americano de Fleboestética”, declara o Diretor de Patrimônio da SBACV e Executive Co-Chairman do evento, Dr. Sergio Silveira Leal de Meirelles.

SBACV alerta para normas sobre estágios
A Secretaria Geral da SBACV, está revendo as revalidações e pedidos de novos estágios. O Secretário-geral, Dr. Marcelo Matielo, destaca que têm sido constatados erros no preenchimento dos documentos e os solicitantes têm manifestado muitas dúvidas sobre itens como carga horária e formulação de rodízios dos estagiários.
A Sociedade possui quesitos mínimos para solicitação de vagas de estágio em Angiologia, Cirurgia Vascular e área de atuação em Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular. Ainda que para revalidação, é necessário preencher todo o formulário. A quantidade de vagas depende do número de leitos, cirurgias/ano do serviço, se há preceptores titulados (prova de título na área), além de conformidade com a carga horária e os rodízios. 
A Secretaria tem constatado estágios que, infelizmente, não têm observado o número de 48 semanas/ano para rodízio. A carga horária anual é outro item igualmente importante, pois não pode exceder a definida pela Comissão Nacional de Residência Médica, assim como deve obedecer às formas de realização de rodízio dos estagiários e o que é ofertado extracurricularmente.
“O trabalho que vem sendo desenvolvido busca uniformizar o processo para todas as instituições e, principalmente, ofertar aos candidatos um serviço que os forme com cada vez mais qualidade. Dessa forma, após adequar todos os requisitos básicos, encaminhamos a documentação para três avaliadores, que podem ou não pedir inspeção. Após aprovada por este grupo, é concedido o reconhecimento do estágio pela Sociedade. Estamos avançando com um processo que padroniza a conduta, seguindo o Plano Estratégico da gestão de constante aprimoramento da formação profissional, tanto para serviços já tradicionais como para grandes nomes da Cirurgia Vascular”, afirma o Secretário-Geral, Dr. Marcelo Matielo.
 

Compartilhar
Ir para o Topo