186 visualizações |0 comentários
Atenção e cuidados com o corpo são importantes durante a prática de esportes_2

Pacientes com doença vascular precisam de orientação especial nos exercícios

A prática de esportes é extremamente benéfica à saúde e pode ser aliada ao tratamento e prevenção das mais diversas doenças. Porém, o seu excesso ou desempenho inadequado podem ter efeito reverso e causar complicações em quem pratica.

O cirurgião vascular e membro do Conselho Superior da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), Dr. Calogero Presti, explica que o controle na frequência dos exercícios é fundamental para evitar lesões de músculos, tendões e articulações, e até mesmo fraturas ósseas de estresse e tendinites. “Exercício físico saudável, em geral, é o moderado em dias alternados para a recuperação muscular, habitual e com frequência de três a quatro vezes por semana”, alerta.

O especialista pontua que antes de iniciar qualquer tipo de treinamento físico é aconselhável que o paciente com doença vascular se submeta a um exame clínico e cardiológico para detectar e avaliar possíveis comorbidades. Pois, caso seja necessário, o preparador físico, em conjunto com um médico, pode aconselhar o treinamento mais adequado para cada situação.

“Um exemplo são os pacientes com doença obstrutiva aterosclerótica periférica das artérias dos membros inferiores que podem ter essas alterações ao mesmo tempo e evoluindo de maneira silenciosa em outras artérias, como coronárias, carótidas e vertebrais. Além disso, é necessário avaliar os possíveis fatores de risco como o diabetes, a obesidade, o sedentarismo, a hipertensão arterial, o fumo e o colesterol elevado no sangue”, afirma o cirurgião vascular.

Doenças vasculares, como as varizes, pedem atenção especial durante a prática esportiva. No caso de pacientes com insuficiência venosa crônica, há dificuldade de retorno sanguíneo ao coração quando a pessoa se encontra parada, em pé ou sentada. “Os exercícios mais indicados nessa situação são aqueles que promovem a contração e alongamento dos músculos das pernas, em especial as caminhadas, exercícios em esteira ou com bicicleta. A natação e a hidroginástica são particularmente úteis, pois facilitam o retorno venoso por falta da ação da gravidade quando dentro d’água, além de fortalecerem e alongarem os músculos”, orienta Dr. Presti.

Exercícios físicos intensos também podem causar rabdomiólise, ou seja, necrose muscular. Em geral, ela ocorre quando o paciente inicia ou reinicia o treinamento físico sem a supervisão de um educador. “O exercício excessivo pode produzir edema das células musculares das extremidades e, como consequência, a necrose dos músculos em graus variáveis, o que ocasiona liberação da mioglobina (proteína muscular) no sangue. Essa proteína em grande quantidade na circulação sanguínea deposita-se nos túbulos renais e causa insuficiência renal.” Em casos extremos, pode levar à hemodiálise, perda de membro ou até mesmo ao óbito.

Pessoas com doença vascular periférica que pretendem fazer treinamento físico, a anamnese, o exame físico e o acompanhamento de um angiologista ou cirurgião vascular tornam-se essenciais para a saúde e bem-estar do praticante. A SBACV tem como missão levar informação de qualidade sobre saúde vascular para a população. Para buscar um especialista associado da entidade, por região, basta acessar o link.

 

A SBACV 

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) é uma associação sem fins lucrativos, que visa a defender os direitos de seus profissionais, médicos e residentes, especialistas em saúde vascular. Além disso, tem como objetivo incentivá-los à produção científica, aprofundando as pesquisas nas áreas de Angiologia, Cirurgia Vascular e Endovascular, Angiorradiologia e outras modalidades.

A entidade trabalha com uma política alinhada aos valores da AMB (Associação Médica Brasileira) e do CFM (Conselho Federal de Medicina) a fim de conduzir a instituição de maneira ética, sempre valorizando as especialidades médicas em questão. Atualmente, conta com 23 associações regionais espalhadas por todo o Brasil.

 

Informações à Imprensa – Way Comunicações

 

Bete Faria Nicastro

Telefones (11) 3862-1586 / 3862-0483

E-mail bete@waycomunicacoes.com.br

Elenice Cóstola

Whatsapp (19) 99601-5900

E-mail elenicecostola@waycomunicacoes.com

Compartilhar

Publicar comentário

Ir para o Topo